defendemos o fumante, não o fumo: 
quer parar de fumar ou reduzir?
 
foto

bem-vindos ao eufumo...

As estatísticas sobre fumantes tem várias interpretações:

  • órgãos de saúde: somos seres em franca extinção
  • indústria farmacêutica e indústria de tabaco: nosso número justifica o investimento em pesquisas e novos produtos.
  • escritores, palestrantes e todos os profissionais que ganham a vida com os fumantes: usam os mesmos números das indústrias.

 

"O fumante deve se tornar um ex-fumante."

Enquanto isso não acontece, somos apenas a base desta pirâmide, privados de orientação e cuidados.

O que fazer enquanto não parar?

Este espaço tenta usar a nosso favor as pesquisas e estudos que ajudamos a sustentar. Buscamos dados que podem ajudar-nos, enquanto fumantes, a ter uma melhor qualidade de vida. Contamos com a contribuição de profissionais dispostos a nos orientar em diversas áreas.

E quando chegar a hora?

Vamos ser realistas: todo fumante, no fundo, sabe que um dia vai ter que parar... Ninguém fuma achando que não faz mal.

 

Ok, comer carne gordurosa, frituras, encher a cara também. O problema é que nosso organismo aguenta tudo isso até uma certa idade, que ninguém acha que vai chegar.

 

O EuFumo oferece uma seção voltada exclusivamente para quem acha que essa hora chegou. Procuramos analisar as opções disponíveis para dar a você, nesta hora difícil, apoio e informação.

 

Uma coisa no entanto é fundamental: você é que tem que querer. Não se iluda achando que a parafernália farmacológica vai te ajudar se você não estiver convencido/a.

 

Atenção: Os artigos do Eufumo não tem a intenção de fornecer recomendação médica, diagnóstico ou tratamento.